Um site novo é sempre um desafio porque requer muitos recursos e pode ser bastante arriscado. A ideia de implementar as mais recentes tendências de tecnologia e design é tentadora. Mas, como regra geral, é melhor ter um site desatualizado, mas funcional, do que um novo design brilhante que não vale a pena. Antes de iniciar um processo de re-design do site, é essencial definir claramente o objetivo por trás dele.

Por que você precisa de um site novo?

Embora os usuários frequentemente percebam um novo design do site como uma mudança de aparência, nem sempre é o caso. Geralmente, há três motivos principais para uma reformulação do site:

  1. Melhor usabilidade e aumentas as vendas.Se o seu site não tiver sido atualizado em anos e você estiver perdendo clientes em potencial devido a sérios problemas de usabilidade, o novo design do site poderá ser uma boa opção.
  2. Mudanças estruturais nos negócios. Seu modelo de negócios mudou significativamente e seu website não reflete mais seus negócios reais. Por exemplo, você costumava ter uma floricultura física e um site informativo simples. Agora você se concentrou no serviço de entrega de flores on-line e precisa da funcionalidade de comércio eletrônico.
  3. Marca.55% das pessoas estão decepcionadas com uma marca em geral quando têm uma experiência frustrante em seu site. Corrigir a má experiência do usuário pode fortalecer sua marca.

Às vezes, a reformulação de um site também pode fazer parte de um processo maior de rebranding. Se sua identidade visual da marca mudar significativamente, seu website também deverá mudar. Identificar um objetivo claro orientará as decisões do designer de UX e do gerente de projeto ao longo do processo.

 

Definir benchmarks

Se você está se planejando para o sucesso, então você precisa definir de antemão os seus critérios de sucesso. Depois de ter uma finalidade geral para o novo design, defina objetivos mensuráveis ​​para o projeto. Por exemplo, se você quiser obter mais vendas com este site novo, poderá definir metas para as taxas de conversão do funil de vendas ou a receita média por cliente. Esses objetivos devem ser os mais precisos possíveis. E a melhor base para isso é o seu benchmark atual.

 

Impressione seu público com sites animados e apresentações

Tudo o que você precisa fazer é escolher os elementos de que mais gosta e combiná-los. Cada slide será cuidadosamente elaborado para satisfazer três critérios principais: estética, função e usabilidade. Dessa forma, você sabe que todos os elementos funcionam juntos sem problemas, ao mesmo tempo em que aprimoram o impacto do seu conteúdo.

 

Site

Para definir o seu benchmark, você precisa responder a duas perguntas principais.

  1. Qual é o estado atual do seu website em relação às métricas que você medirá como indicadores de sucesso?
  2. Como seu website se compara aos de seus concorrentes?

Se você tiver uma análise de sites bem configurada, não será difícil responder à primeira pergunta. Leve suas métricas médias dos últimos 12 meses como base. Na maioria dos casos de re-design para um site novo, você também precisará realizar um teste de usabilidade com métricas quantitativas como parte de seu benchmark.

Para o benchmark concorrente, você pode realizar uma avaliação de usabilidade competitiva. Essa é uma ótima prática que não apenas revelará os pontos fortes e fracos de seus concorrentes, mas também validará algumas das ideias que você estava planejando “roubar” deles.

A avaliação de usabilidade competitiva pode ser feita como uma revisão por um experiente praticante de UX ou como um teste de usuário. Este último é um teste de usabilidade padrão quando os usuários executam tarefas predefinidas em dois ou mais sites concorrentes.

 

Corresponder intenção do usuário aos objetivos de negócios

Por mais que o design de seu novo site precise ser centrado no usuário, também é importante atender às suas metas de negócios. Caso contrário, todo o processo seria inútil.

Mas como você pode alinhar as prioridades de negócios com as necessidades do usuário?

Comece sabendo exatamente o que o usuário-alvo deseja consultando os usuários existentes. Se você planeja segmentar um novo grupo de clientes após a reformulação, você deve conduzir uma pesquisa de usuário.

Isso é importante porque cada usuário pode ter uma intenção diferente ao navegar. Conhecendo a intenção do usuário em cada etapa, permite que você os direcione para suas ações desejadas. Ao projetar cada página da web, pergunte a si mesmo essas duas perguntas.

  1. O que o usuário quer neste estágio?
  2. que queremos que o usuário faça nesse estágio?

Aqui está um exemplo simples. Digamos que você esteja redesenhando o fluxo de reservas para um website de hotel. Depois de preencher as datas e informações de localização, o usuário acessa a página de seleção do tipo de quarto.

Nesta página, os usuários estão tentando escolher o melhor tipo de quarto possível dentro das limitações de data e orçamento. Na realidade, as pessoas confiam mais na intuição do que no raciocínio lógico quando fazem compras online. Assim, você, como empresa, pode orientar o usuário a escolher um tipo de quarto mais caro com um mix de UX e conteúdo cuidadosamente criados.

 

Conteúdo

O conteúdo do site é sua ferramenta de vendas mais poderosa, e é por isso que você precisa prestar atenção especial ao redesenhar. Existem dois aspectos para isso.

  1. Design visual e conteúdo devem andar de mãos dadas.
  2. A nova versão do site deve ser capaz de vender.

O que isto significa?

É sempre desafiador projetar uma página da Web sem ter o conteúdo exato à mão. Ao mesmo tempo, você dificilmente pode ter um rascunho de conteúdo final para uma página da Web que ainda não existe. Para quebrar esse loop, você precisa trabalhar em design e conteúdo juntos, mantendo a intenção do usuário em mente.

Por outro lado, você deve repensar sua nova versão do site para combinar com o novo design e, finalmente, vender mais. Dados os aspectos emocionais da tomada de decisão do consumidor, é importante criar uma conexão com o usuário por meio de conteúdo cuidadosamente escrito. Você precisa falar a língua deles e mostrar exatamente como sua empresa pode resolver seus problemas.

 

Definir a estratégia: celular ou desktop?

Você conhece as estatísticas. O celular está aqui para ficar e provavelmente ultrapassará a área de trabalho em todos os setores em breve. Em 2017, mais da metade do tráfego global do site veio de dispositivos móveis e, mais ainda, na Ásia, onde 65,7% das visualizações de páginas da web foram geradas por meio de dispositivos móveis.

Mas isso significa que você precisa projetar com uma abordagem mobile-first?

A resposta curta é não. Mas vamos mergulhar um pouco mais fundo.

Quando a Web para dispositivos móveis estava apenas começando, os sites eram projetados para o tamanho máximo da tela e funcionalidade completa, e então projetados para telas menores com base nisso.

O aprimoramento progressivo, por outro lado, é o oposto, projetando para telas móveis primeiro. Ambos podem ser bons. Ambos podem ser eficazes. Depende dos objetivos do seu negócio. Por exemplo, se 80% das vendas de seu site forem provenientes de dispositivos móveis, você deverá escolher uma abordagem de mobile-first.

 

Impressione com sua página inicial

Você sabe quem acessa a página inicial do site?

Na maioria dos sites, estes são visitantes de primeira viagem. Eles sabem pouco ou nada sobre o seu negócio ou seus produtos e serviços. Então você precisa aproveitar esta oportunidade para prender a atenção deles. E a janela é muito pequena. Um dos estudos do Google revelou que os usuários formam sua primeira impressão, o “pressentimento” sobre seu website, em menos de 50 milissegundos. O mesmo estudo sugere que o design do site que é visualmente menos complexo é percebido como mais bonito.

Então, como você pode prender a atenção desses novos usuários?

Um estudo sobre design persuasivo de sites de destino sugere que os elementos de design inspirador tiveram o maior impacto na formação de uma primeira impressão positiva. Isso reforça a ideia de ter visuais de ótima qualidade e frases cativantes para contar sua história de marca e inspirar os usuários a se aprofundar no site.

 

Pensamentos finais

Uma reformulação do site pode ser bastante complicada e reverter para um design antigo não é uma opção. Mas com tantas partes envolvidas no projeto, pode facilmente se transformar em uma batalha de opinião sobre qual projeto é melhor. Para evitar isso, comece definindo expectativas claras para o projeto e certifique-se de que toda a equipe esteja a bordo. Adote uma abordagem baseada em pesquisa e dados para tomar decisões importantes sobre design.

Com uma combinação saudável de planejamento e flexibilidade, a reformulação do seu site terá a melhor chance de sucesso.

UncategorizedWebdesign

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

× Precisa de Ajuda?